Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog Restart

A Restart é um centro de formação profissional que constitui um espaço único de formação, produção e animação cultural em Lisboa.

Workshop Operação de Steadicam | Formador : Ricardo Nogueira | 12 e 13 de Junho

 

 

OBJECTIVOS
Fornecer as bases necessárias para operar ou dar assistência a steadicam em qualquer tipo de produção.

PÚBLICO ALVO
Este workshop destina-se a operadores, assistentes de câmara, e alunos recém formados em cursos técnicos relacionados com a área do audiovisual com conhecimentos em operação de câmara.

 

 

CONTEÚDOS

Introdução
Finalidade, aplicações e tipos de steadicam
Postura física maquina/operador
Analise do plano com o realizador e enquadramento
Equipamento e segurança necessária

 

Steadicam
Especificação e funcionamento de todos elementos que constituem o steady
Preparação, montagem do steady e equilíbrio da câmara
Sistemas de controlo remoto necessário

Operação
Algumas técnicas de distensão e aquecimento muscular
Primeiro contacto do operador com a máquina
Posições básicas de operação e de descanso
Exercícios de aprendizagem
Execução de um pequeno vídeo
Visionamento do vídeo e discussão


FORMADOR
Ricardo Nogueira
Inicia a sua actividade no meio audiovisual em 1991. Colaborou como assistente de iluminação e de câmara em mais de 300 Filmes. Inicia‐se na operação do Steadicam em 1994, após um workshop de Steadicam na Optex em Londres. Em 1995 passa a trabalhar como freelancer, operando setadicam para comerciais e TV, supervisão e operação de câmara para TV. Em 1996 abre a sua produtora e em 1997 vai para a Austrália viajar, estudar e trabalhar. Em 1999 dedica‐se às séries de ficção como Supervisor Técnico, operador de câmara e steadicam (Raia do Medos, Conde de Abranhos, Alves dos Reis, O Processo dos Távoras e Ferreirinha). Em 2003 em Londres, estuda realização e direcção de actores. Em 2006 funda a “Help Images” que trabalha na área de comunicação para o 3º sector. Agora mais ligado á produção e realização, filma sem nunca perder o olhar e a percepção adquiridas na operação de câmara e steadicam, que continua a operar sempre que necessário..

LINKS
www.steadicam.com
www.saferseas.com

HORÁRIO
10:00 - 13:00 / 14:00 - 19:00
(16 horas)

VAGAS
12 Participantes
(mínimo 8)

PREÇO
Inscrições 50€
Geral +100€

comunidade restart: 20% desconto
Parceiros restart: 10% desconto
dois workshops: 15% desconto no 2º workshop
(descontos não acumuláveis e aplicáveis apenas ao valor “Geral”)
Pagamento integral até à primeira semana antes do início.

WORKSHOP Operação de Câmara em Grua | Formador | Gonçalo Colaço | 5 e 6 de Junho

 

Este workshop a decorrer nos dias 5 e 6 de JUNHO pretende transmitir noções de funcionamento do mecanismo, montagem e operação de grua Jimmy Jib para cinema, video e televisão.

O formador, Gonçalo Colaço, vai ao longo das 16 horas de duração deste workshop, abordar temas como a localização da grua, o sistema mais adequado a utilizar de acordo com as condições existentes (rodas ou charriot), a montagem e a desmontagem da grua, a colocação de contra-pesos, a afinação, bem como a equipa necessária para um funcionamento optimizado da grua, as condições minimas de segurança, a manutenção do equipamento e os cuidados a ter quando o trabalho de operação de câmara em grua é feito em más condições climatéricas, como chuva.

Orientado para operadores, assistentes de câmara, e alunos recém formados em cursos técnicos relacionados com a área do audiovisual com conhecimentos em operação de câmara.

 

 

 

Gonçalo Colaço formou‐se inicialmente como Reporter ENG em 93.
Começou por trabalhar como assistente de câmara nos Estúdios Valentim de Carvalho, para onde voltaria depois de uma breve passagem pelos “Novos Horizontes”.
Permaneceu nos estúdios da Valentim como operador de câmara até ao ano de 1999, altura em que decide tornar‐se operador independente.
Adquire uma grua nos E.U.A. e envereda pelo trabalho de operação de grua em Portugal.
Desde então, tem trabalhado como operador de câmara e de grua em quase todos os géneros televisivos: concertos, desporto, documentários, entretenimento, ficção, informação, institucionais, publicidade, teatro, videoclips, etc..


Outras informações:

LINKS
www.jimmyjib.com

HORÁRIO
(16 horas)
10h00-13h00
14h00-19h00

VAGAS
12 Participantes
(mínimo 10)

PREÇO
Inscrições 50€
Geral +100€

comunidade restart: 20% desconto
Parceiros restart: 10% desconto
dois workshops: 15% desconto no 2º workshop
(descontos não acumuláveis e aplicáveis apenas ao valor “Geral”)
Pagamento integral até à primeira semana antes do início.

 

"O Quê? Quem?" a 2 de Junho na Restart pelas 21:30

 

“O QUÊ? QUEM?” é uma peça de teatro que chegará ao palco da Restart no dia 2 de Junho, pelas 21:30 com interpretação dos alunos da turma de Interpretação para cinema e televisão.

Esta será a estreia do novo auditório na área do teatro e também a primeira vez que alunos da Restart representam as suas peças ao vivo.

Carlos, Jorge, Ângela e Sofia são 2 casais que vivem relações de amizade e de infidelidade entre si.

“Afinal o que é o amor?” é a questão que este exercício final levanta e questiona durante a performance, de forma a que o público reflicta sobre a capacidade que o ser humano tem de amar, “desamar”, trair, esquecer, mentir, perdoar, esquecer, enfim…viver...


“You can’t win Charlie Brown” - 25 de Junho - 19 horas no Auditório Restart

 

 

 

Mais um concerto Restart,  depois das 7.

"You Can't Win Charlie Brown" vem à RESTART no dia 25 de Junho.

 

"A música é quase folk, feita de repetições, sejam de vozes, guitarras, piano ou percussão, que vão acumulando pormenores minuciosamente desenhados e voltas inesperadas. A aleatoriedade subjacente à vida às vezes tem destes acasos fortuitos. É esperar que a banda não tenha a sorte da personagem que não pode ganhar. Pelas canções e pelo EP, ao menos, já ganharam. É aguardar o resto."

 

http://www.myspace.com/youcantwincharlieb

Projecto Realidades Virtuais

O Goethe-Institut Portugal apresenta no seu espaço, entre os dias 17 de Maio e 2 de Junho, o projecto Realidades Virtuais marcado pela temática Videojogos e Redes Sociais.
Neste período o público terá acesso de forma gratuita a conferências internacionais, workshops, cinema, exposições, instalações, torneios e a um centro de jogos onde poderá experimentar, não só os videojogos mais recentes, mas também videojogos dos últimos 30 anos.

Esta iniciativa terá várias componentes práticas e teóricas divididas pelos vários dias e um dos pontos altos é o ciclo de conferências protagonizado por especialistas nacionais e estrangeiros em diversas áreas como Media Arte, Bibliotecas, Educação, Futurologia, Sociologia, Psicologia e Direito. Sob diversas perspectivas serão discutidas as influências dos videojogos e das redes sociais na sociedade.

 

Mais informação em http://virtual-realidade.jogos.sapo.pt/

Fernando Pinho, formador do workshop de Produção de Teatro e Musicais ganha o prémio Deutsche Bank Awards 2010

Fernando Pinho, formador do workshop de Produção de Teatro e Musicais que vai decorrer no Instituto Restart dias 26 e 27 de Junho,  acabou de ganhar o prémio Deutsche Bank Awards 2010 atribuído na passada semana no Reino Unido.


O prémio atribuído pelo prestigiado banco reconhece o carácter inovador e empreendedor do projecto que Fernando Pinho desenvolve actualmente na criação de produções teatrais em meios rurais no Reino Unido. Foi também reconhecida a importância dos projectos de produções teatrais internacionais que visa o desenvolvimento de novos modelos de produção em países como Portugal e Espanha.


O Deutsche Bank passará a ser parceiro estratégico na área financeira na empresa criada pelo Produtor, a Imagine This.


Fernando Pinho, trabalhou como gestor de projecto na Optimus mas quis o destino que um dia produzisse o primeiro espectáculo da Actriz Sofia Escobar. Foi este o empurrão que precisou para largar tudo e tirar uma licenciatura em Stage Management and Technical Theatre na Guildhall School of Music & Drama, uma das escolas com mais prestígio dentro desta área na Europa.


Ao concluir o curso, Fernando propôs-se produzir uma peça de teatro musical e tanto quanto se sabe foi a primeira vez em 130 anos que a escola permitiu a um aluno produzir o seu próprio espectáculo.


Encenado pelo actor Christian Burgess (com uma longa carreira como actor, por exemplo em Gangs of New York), a estreia do musical "The Last Five Years" decorreu a 11 de Janeiro na Guildhall School of Music & Drama.


A peça esgotou todas as sessões no Silk Street Theatre. O sucesso valeu-lhe o convite da direcção do Barbican Centre, o maior centro cultural da Europa, para apresentar ali o espectáculo. Esteve em cena entre 12 e 16 de Abril, com todas as sessões esgotadas.

 

A peça terá a sua estreia em Portugal no dia 22 de Outubro no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães.

 

Links de Notícias acerca de Fernando Pinho:


Musical produzido por português faz sucesso em Londres
No jornal i em 12 de Abril de 2010
http://www.ionline.pt/conteudo/54972-musical-produzido-portugues-faz-sucesso-em-londres-

Teatro: Musical produzido por português inicia semana de lotação esgotada no Barbican em Londres
No Expresso a 12 de Abril de 2010
http://aeiou.expresso.pt/teatro-musical-produzido-por-portugues-inicia-semana-de-lotacao-esgotada-no-barbican-em-londres-c-fotos=f576054

Largou os negócios para ser produtor de teatro em Londres
Na TSF a 8 de Janeiro de 2010
http://tsf.sapo.pt/blogs/maiscedo/archive/2010/01/07/8-de-janeiro-de-2010-largou-os-neg-243-cios-para-ser-produtor-de-teatro-em-londres.aspx

Da Sonae aos palcos londrinos - Fernando Pinho produz musical "The last five years", com estreia na 2.ª feira na capital inglesa
No Jornal de Notícias a 9 de Janeiro de 2010
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Cultura/Interior.aspx?content_id=1465317

Produtor português Fernando Pinho apresenta em Londres musical "Last five days"
Na Sic Notícias a 15 de Janeiro de 2010
http://sic.sapo.pt/online/video/informacao/noticiascultura/2010/1/produtor-portugues-fernando-pinho-apresenta-em-londres-musical-last-five-days15-01-2010-165258.htm
http://videos.sapo.pt/NgMdzGAlqyfS3KUc7Soe

Um português no Barbican Center
No DN a 22 Março 2010
http://dn.sapo.pt/inicio/artes/interior.aspx?content_id=1525552&seccao=Teatro

Jovem português é exemplo de sucesso em Londres
Na Antena 1 a 11 de Janeiro de 2010
http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?t=Jovem-portugues-e-exemplo-de-sucesso-em-Londres.rtp&headline=46&visual=9&article=309465&tm=7

inks de Notícias acerca de Fernando Pinho:

Musical produzido por português faz sucesso em Londres

No jornal i em 12 de Abril de 2010

 

http://www.ionline.pt/conteudo/54972-musical-produzido-portugues-faz-sucesso-em-londres-

 

Teatro: Musical produzido por português inicia semana de lotação esgotada no Barbican em Londres

No Expresso a 12 de Abril de 2010

http://aeiou.expresso.pt/teatro-musical-produzido-por-portugues-inicia-semana-de-lotacao-esgotada-no-barbican-em-londres-c-fotos=f576054

 

Largou os negócios para ser produtor de teatro em Londres

Na TSF a 8 de Janeiro de 2010

http://tsf.sapo.pt/blogs/maiscedo/archive/2010/01/07/8-de-janeiro-de-2010-largou-os-neg-243-cios-para-ser-produtor-de-teatro-em-londres.aspx

Da Sonae aos palcos londrinos - Fernando Pinho produz musical "The last five years", com estreia na 2.ª feira na capital inglesa

No Jornal de Notícias a 9 de Janeiro de 2010

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Cultura/Interior.aspx?content_id=1465317

 

Produtor português Fernando Pinho apresenta em Londres musical "Last five days"

Na Sic Notícias a 15 de Janeiro de 2010

http://sic.sapo.pt/online/video/informacao/noticiascultura/2010/1/produtor-portugues-fernando-pinho-apresenta-em-londres-musical-last-five-days15-01-2010-165258.htm

http://videos.sapo.pt/NgMdzGAlqyfS3KUc7Soe

 

Um português no Barbican Center

No DN a 22 Março 2010

http://dn.sapo.pt/inicio/artes/interior.aspx?content_id=1525552&seccao=Teatro

 

Jovem português é exemplo de sucesso em Londres

Na Antena 1 a 11 de Janeiro de 2010

http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?t=Jovem-portugues-e-exemplo-de-sucesso-em-Londres.rtp&headline=46&visual=9&article=309465&tm=7

 

Resound Fest 2010 _ V Concurso de Bandas Restart | Vencedores

A grande final do RESOUND FEST - Concurso de Bandas - decorreu na passada Quinta-Feira, dia 20 de Maio, no Musicbox. Uma noite que teve inicío às 22h30 tendo perdurado pela noite dentro.

De 30 bandas inscritas apenas 4 foram seleccionadas para disputar a final:

.Suite_ www.myspace.com/suite00
.Cochaise_ www.myspace.com/cochaise
.Mixtafari_ www.myspace.com/mixtafari
.Stereo Parks_ www.myspace.com/stereoparks

Coube ao jurí, constituído pelo músico Flak (Rádio Macau, Micro Audio Waves) e do promotor Ricardo Simões (Smog)  a árdua tarefa de seleccionar a banda vencedora, os Cochaise. O prémio, aliciante a qualquer banda em início de carreira, foi a gravação de um EP, artwork, sessão de fotografias promocionais e videoclip.

O público também teve o direito de decidir e escolheu como vencedores, os Suite. O prémio foi um cheque de formação na Restart, no valor de 250€.

Parabéns aos vencedores!



A INDÚSTRIA MUSICAL e a realidade Portuguesa | Os novos meios de Promoção e Venda

 

A era digital trouxe consigo a partilha ilegal de música e as editoras discográficas estão a tentar reagir.

As vendas de CDs estão a cair vertiginosamente e o formato de editora tradicional encontra-se em mutação.

A explosão de ferramentas digitais deram voz aos artistas independentes e trouxeram consigo um público exigente que procura e selecciona o que quer ouvir.

As grandes empresas de telecomunicações e de marcas patrocinadoras vão gradualmente tornando-se indispensáveis à sobrevivência do mercado musical.

A música corre agora em videojogos e outras áreas de entretenimento/conteúdos na web, e ainda, em lojas online, netlabels e sites de streaming.

Afinal, o que mudou na indústria musical?

• Quais os novos meios de promoção e venda; Qual é a realidade Portuguesa em relação ao resto do mundo;

• As vantagens e desvantagens das netlabels e as plataformas de venda de musica online: o Itunes, Emusic, Beatport….

• Processos de promoção online, as rádios on-line e os sites de streaming: Myway ,Last-fm e o Myspace;

• Empresas de conteúdos e as operadoras telefónicas. Os diferentes modelos de negócio;

• Os videojogos musicais: o Singstar;

• A protecção dos direitos de autor e a distribuição dos royalties de venda on-line;

• Os músicos e os novos contratos;

• Os músicos independentes e as novas ferramentas digitais.

Pág. 1/5